quinta-feira, 22 de março de 2012

Parte 8 - Love a Criminal ♥ (BIG)

 P.O.V Karen

 Depois de muitos tapas, vi que apaguei. Acordei e estava deitada na cama e tinha um cobertor em cima de mim, eu estava com uns curativos no rosto e sei lá! Acho que o Bieber não quer mesmo que eu morra, quer saber? To nem aí! Olhei para os lados e não o vi, ouvi um barulho e era ele saindo do banheiro, me sentei na cama.

Justin: Você está bem? - ele disse com cara de preocupado.

Karen: Um pouco... pra que você quer saber? Já não estava prestes a me matar? Porque não deixou eu morrer logo de uma vez?

Justin: VOCÊ NÃO VAI MORRER! - ele gritou irritado.

Karen: Então porque quase me matou, hein?

Justin: Você me irritou e está fazendo isso agora! Dá pra parar? - ele disse me encarando.

Karen: Desculpa! - me levantei e em seguida ele já estava na minha frente - O que foi? - estranhei.

Justin: Nada, vai! - ele revirou os olhos.

Karen: Ér... e o que você vai fazer hoje?

Justin: Eu estava pensando em assaltar um banco. - ele disse e sorriu.

Karen: E o que você vai ganhar com isso?

Justin: DINHEIRO!

Karen: E pra que você quer tanto dinheiro?

Justin: Dá pra parar de fazer perguntas? Você está me irritando!

Karen: É, eu tenho esse dom. - eu disse e ri.

Justin: Vadia! - ele disse baixo, mas é claro, eu ouvi.

Karen: Eu adoro quando você me chama de vadia. - eu disse sorrindo.

Justin: Bateu com a cabeça, foi?

Karen: É, NÉ?! Mas eaí... quando vai ser o assalto? - eu sorri.

Justin: Como assim? Você não vai!

Karen: E porque logo agora eu não vou? Quando você estiver sendo perseguido pelos policiais, você vai pensar "A Karen deveria estar aqui", mas não.

Justin: Olha... você não vai e pronto!

Karen: Porque você não quer que eu não vá?

Justin: Não importa! Você e o Ryan estão em todos os canais de televisão, todos já sabem do assalto, aquelas câmeras filmaram tudo. MEU, porque eu não pensei nas câmeras? Eu sou um otário! Ah' dane-se! O MUNDO INTEIRO JÁ SABE QUEM É A KAREN, vê se me entende! Eles devem estar te procurando pelo mundo inteiro.

Karen: AI. MEU. DEUS! - eu disse completamente desesperada.

Justin: O que foi?

Karen: Nada não! Justin.

Justin: Não! Por que essa cara?

Karen: Eu já disse, não é nada de mais. - me sentei com tudo na cama.

Justin: - ele pegou no meu braço - AGORA VOCÊ VAI ME DIZER! - ele disse alto.

Karen: Eu só falo se você me soltar. - eu disse e ele me soltou - Lembra que eu disse que meu ex-namorado tinha terminado comigo?

Justin: LEMBRO! O que isso tem a ver?

Karen: Eu não sei, mas ele deve estar sabendo disso.

Justin: E pra que você fica se preocupando com o seu ex? Ele não terminou com você? Que se foda ele!

Karen: Você não me entende... o Chaz está no Brasil, ele deve estar querendo falar comigo.

Justin: Chaz? Esse é o nome dele?

Karen: Sim, por quê?

Justin: Qual o nome verdadeiro dele?

Karen: Charles Somers! - eu disse estranhando tantas perguntas - Pra que está me perguntando isso?

Justin: Eu tenho a leve impressão de que conheço esse nome de algum lugar!

Karen: Não sei não, eu e ele fomos pro Brasil quando tínhamos uns 13 anos.

Justin: NOSSA, que interessante! - ele disse ironicamente.

Karen: Eu também tive essa impressão com você, mas deve ser besteira.

Justin: EU, o Ryan e o Christian tinham um amigo chamado Chaz, Chaz Somers, Charles Somers, mas ele foi pro Brasil com a mãe dele e junto com uma menina e a mãe dela - ele disse e aos poucos arregalou os olhos - É VOCÊ! - ele apontou pra mim.

Karen: Como assim, eu?

Justin: Você é aquela menina que foi embora com o Chaz! - ele disse espantado.

Karen: Pra que tanto espanto?

Justin: É você mesma? Eu não acredito! É você mesma. - haha' muito engraçado, responder a própria pergunta.

Karen: Sim, sou eu! Porque está tão surpreso?

Justin: Você está totalmente, completamente mudada! - ele sorriu.

Karen: Hum... to mais feia?

Justin: NÃO, está mais gostosa! - ele disse com um olhar malicioso. O que ele quis dizer com isso? Que eu sempre fui gostosa e agora estou mais? Aiai '-'

Karen: Muito lindo dizer isso de mim... affff'

Justin: Ué, não gostou do elogio?

Karen: Sabe que não? Deu-me asia.

Justin: Sério? Não parece! Parece mais que você gostou. - ele sorriu.

Karen: Fala sério! Mas me diz, gostou de estrupa sua antiga amiga? - eu o encarei.

Justin: Não me deixa irritado. - ele disse com  cara de bravo.

Karen: Eu só estou fazendo uma pergunta, se sentiu ofendido? Porque eu, não! - eu disse e ri.

Justin: - ele pegou nos meus dois braços e apertou - Olha aqui, você está passando dos limites com essa provocação contra mim, dá próxima vez você vai se ver comigo.

Karen: Você vai me matar? Porque não mata logo?

Justin: Eu não vou te matar, vou fazer coisa pior! - ele disse com um olhar raivoso.

Karen: O que é pior do que morrer?

Justin: Não te interessa! - ele apertou mais meu braço.

Karen: AI! - gemi - Você está me machucando... me solta! - eu disse tentando me soltar dele.

Justin: Olha aqui, não é só porque eu te conhecia que eu vou te dar moleza não, tá entendendo? - ele disse com cara de bravo pra mim, depois me soltou.

Karen: Eu entendi sim! Mas queria ser muda, cega e surda. - me sentei na cama.

Justin: Ai ia ser muito melhor pra mim... - ele disse olhando pra mim com um olhar pervertido.

Karen: SAI DE MIM!

Justin: Eu ainda não entrei dentro de você, quer de novo? - ele disse sorrindo.

Karen: NÃO! - dei um berro que fez ele se irritar, ele ficou me olhando com uma cara nada boa, depois saiu.

    Fiquei lá sentada na cama até ouvir um barulho de celular, era o toque do meu! Fui procurando até achar ele dentro de uma gaveta, peguei ele e olhei no visor, era o Chaz me ligando...

Karen: ALÔ?

Chaz: Karen? É você mesma?

Karen: Sim, sou eu! Você está bem?

Chaz: Eu que te pergunto, você está bem?

Karen: Não! Você viu, né?

Chaz: Claro! Como você teve coragem?

Karen: Sinceramente, eu não sei. Mas eu fui obrigada, um cara me sequestrou e disse que se eu não ajudasse ele, ele ia me matar.

Chaz: Quem é esse cara?

Karen: Por incrível que pareça, é o Justin! Lembra do nosso amigo?

Chaz: O Justin?

Karen: É... - não continuei porque o mesmo tirou o celular da minha mão.

Justin: O que você pensa que está fazendo, vadia? - ele apontou a arma pra minha cabeça e depois olhou pro celular - QUEM ERA? FALA! - fiquei calada - QUEM ERA, SUA DESGRAÇADA? FALA LOGO! TÁ COM VONTADE DE MORRER, É? - ele gritou colocando a arma na minha cabeça de novo.

Karen: Era o Chaz! Pronto, falei. - eu disse com a cabeça baixa, eu só ouvia o Chaz gritando o meu nome no celular.

Justin: - ele atirou em um abajur e disse - A VADIA DA SUA NAMORADINHA MORREU! EU FIZ UM BOM TRABALHO, JÁ QUE VOCÊ QUERIA ISSO MESMO. - ele disse no celular, Chaz gritou um "O QUÊ?" e ele jogou o celular no chão, quebrou em pedaços. - Agora meu papo é com você... - ele apontou mais uma vez, a arma pra minha cabeça e sentou na cama de frente pra mim - Vadia, eu já falei pra você não me provocar! Dessa vez você passou completamente dos limites.

Karen: Me mata, então... não é isso o que você quer? - eu disse com raiva e recebi um soco.

Justin: Eu já te disse que eu não vou te matar!

Karen: Então porque fica me torturando? Já não basta a dor que eu sinto, se eu morrer não vai doer nada, me mata logo! - eu disse já chorando.

Justin: PARA DE CHORAR, PORRA! - ele gritou rude e tirou a arma da minha cabeça.

Karen: Se você não me matar, EU me mato! - eu disse decidida.

Justin: VOCÊ NÃO VAI FAZER ISSO! - ele gritou olhando pra mim bravo.

Karen: E quem vai me impedir? - limpei uma lágrima.

Justin: EU!

Karen: Justin... porque você está se importando se eu morrer ou não? Você NUNCA gostou nem um pouco de mim!

Justin: Nunca diga nunca! E você está enganada, eu sempre gostei de você. - ele disse meio baixo.

Karen: O quê? - disse impressionada.

Justin: Eu não vou falar duas vezes! - ele disse rude.

Karen: Desde quando você gosta de mim? Você sempre me tratou mal e continua me tratando! - eu disse encarando ele.

Justin: Olha... eu te tratava mal por causa do Chaz.

Karen: Tá, eu boiei!

Justin: Eu não vou explicar se não eu vou ficar aqui até amanhã.

Karen: Então tá! - eu sorri e me levantei.

Justin: Aonde você vai?

Karen: Vou comer... - olhei pra ele e ele se sentou na cama, depois eu sai do quarto.

  Fui até a cozinha. Impressionante, sempre que eu venho aqui tem pessoas desconhecidas por mim, menos o John, Christian e Ryan. Me sentei na mesa onde estava os três.

Karen: oooooooooooi! - eu sorri olhando pra eles e acenando.

Chris&Ryan&John: Oi '-'

John: O que faz aqui?

Karen: Então... eu sou humana e sinto fome! - eu disse e eles riram.

Christian: O que aconteceu com você...?

Ryan: Parece que você estava chorando.

Karen: Eu estava mesmo! E... o Bieber descobriu que me conhece desde pequeno.

John: Ãhn?

Christian: aah' então você é a Karen que foi embora com o Chaz...

Karen: Sim, eu mesma! E o Chaz é meu ex-namorado.

Ryan: E porque o idiota foi terminar com você?

Karen: Ele terminou comigo só porque eu ia vir pra cá a trabalho e ele ia ficar no Brasil. Tipo, idiota mesmo!

Christian: Olha, é melhor parar de falar do Chaz, o Jay-b odeia ouvir alguém falando sobre homem.

Karen: Affff' que besteira! - revirei os olhos.

Ryan: John, porque está tão calado?

John: Nada de mais! Só pensando.

    Nós ficamos comendo e conversando, eu estava me dando bem com Ryan&Christian, apesar de eu já conhecer eles. O tempo passou e eles continuam engraçados, eles estavam me contando umas coisas que eu rachava de rir! Até o Justin aparecer... batendo palmas.

Continua! com 5 comentários...

5 comentários:

  1. Ameiiiiiiiii
    eu espero que o Justin mude neh
    deu pra perceber uns negócios aííííí
    continuaaaaaaaaaaaa
    please please please please please please please please please please please please please please!!!!!!!!!!!!!!!!


    te amuuuuuuuu!!!!


    bjussssssss bye

    ResponderExcluir
  2. Oi fofa, olha se vc quiser fingir seilá sobre camera de segorança escondendo ele e tals tem umas imagens tipo essas duas http://25.media.tumblr.com/tumblr_m1b8co3hr71qhft5ko1_250.jpg http://26.media.tumblr.com/tumblr_m1b8co3hr71qhft5ko6_250.jpg
    bjjs continua *O*

    ResponderExcluir

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?