quarta-feira, 3 de abril de 2013

Follies Of Love 33º (Isso tudo o que aconteceu foi apenas um sonho?)


Justin: MAÝRA, SAI DAQUI! AGORA. - ordenei.

Maýra: Eu só saio depois que eu te mostrar uma coisa. - ela disse sorrindo.

Justin: MOSTRAR O QUÊ? Maýra, vai embora logo! - disse nervoso.

Maýra: - ela saiu correndo.

Justin: - fechei a porta e fui atrás dela - VADIA, VOLTA AQUI! - disse alto e vi ela entrando no meu quarto, entrei logo em seguida e ela estava sentada na minha cama - Maýra, eu mandei você ir embora.

Maýra: - ela se levantou e veio em minha direção - Eu já disse que eu só vou embora depois que eu te mostrar uma coisa. - ela disse e tirou o roupão, ela-estava-nua.

Justin: - arregalei os olhos impressionado ao ver aquilo, eu sou homem, certo? Não consegui deixar de olhar!

Maýra: Agora manda eu ir embora, manda. - ela chegou bem perto de mim e me agarrou.

Justin: M-m-ma-ma-maýra, e-e-eu-eu t-t-te-tenho namorada! - gaguejei, quase que eu não consegui falar. MEU PONTO FRACO É ESSE! Mulher nua.

Maýra: Finge que ela não existe, agora você só será meu. - ela disse e me beijou. SE EU CORRESPONDI? Sim. =/ Eu não consegui aguentar! Fui andando em direção á cama e a joguei lá, tirei minha camisa e a calça e comecei a beijá-la.

                                                     (...)

 Isso tudo o que aconteceu, foi apenas um sonho, né? PENA QUE NÃO! Eu-traí-minha-namorada. Isso é justo? Mas claro que a  vadia da Maýra fez de propósito, ela descobriu o meu ponto fraco e fez isso. Como eu pude ser tão inútil? Tão idiota? Eu cai na dela! Eu nunca vou me perdoar por isso. Traição é uma coisa imperdoável, do jeito que a Larissa é, ela vai querer terminar comigo, eu não quero isso. Eu vou ver o que faço, mas nesse momento, queria me jogar do prédio mais alto do Brasil! A vadia já foi embora, expulsei ela por justa causa. O que eu faço? Tenho um jogo amanhã e agora é 23h15min. EU QUERO SUICÍDIO! Não posso, não quero e não vou viver sem a Larissa, ela é especial pra mim, eu não sei o que sinto, mas não vou viver sem ela. Se eu não tivesse no Hotel já teria estourado a cabeça da Maýra, eu-transei-com-ela, tem coisa pior? Tem! Trair a pessoa mais perfeita do mundo, a minha Larissa. MANO, eu não sei mais o que fazer...

Justin: EU SOU UM IDIOTA! INÚTIL! OTÁRIO! IMBECIL! EU CAI NA DELA. - comecei a gritar e sai do quarto pisando em tudo, eu estava com raiva de mim e ódio da Maýra, me sentei no sofá com tudo, estava desesperado, comecei a chorar de raiva - E agora? Aquela vadia filha da puta vai ser comigo, ah' se vai!

(...) Dia seguinte 13/03/2013.

 Não consegui dormir nenhum pouco, fiquei acordado pensando na possibilidade da Larissa me deixar. Mas isso não vai acontecer! Não mesmo. É, eu ia ligar pra ela hoje, como? Eu trai ela e depois vou falar com ela como se nada tivesse acontecido? MANO, eu sou um otário! Ela já sofreu tanto e agora eu vou fazer ela sofrer? Não, isso não vai acontecer. Que tal eu não contar pra ela? Só que ela vai desconfiar, ela desconfia de tudo e eu não consigo disfarçar nada. O que eu faço?

 P.O.V Larissa

 Acordei já pensando no Justin, ele disse que ia me ligar hoje, antes do treino. õ/ Nossa, já estou com saudades dele! Ele está em Minas. Me levantei, entrei no banheiro, tomei um banho rápido e troquei de roupa, peguei minhas coisas, arrumei meu cabelo, fiz uma make leve e sai do AP, fui no Starbucks, comprei um e fui até a casa da Mari buscar a Karina para irmos na faculdade. Fomos andando mesmo, a faculdade é perto e andar não faz mal e muito menos quebrar suas lindas pernas. Chegamos, entramos e cada uma foi pra sua sala, eu já disse que eu estou por que o Justin pediu? É, eu acho que não! Mas sim, estou. Tédio total ¬¬'

(...)

 Já está de noite! Como hoje vai ter jogo do Corinthians, todos vamos pra casa da Mari, todos tipo, eu e o Guilherme, a família da Mari (pai e mãe) também vão assistir o jogo conosco. Ah' o Justin Drew Bieber não me ligou! E eu não sei porque, mas não quero saber. Agora estou saindo do prédio do Guilherme.

Lari: Aí, já tomou uma atitude com a Karina? - disse olhando pra ele.

Gui: Não! - disse frio.

Lari: Por quê? Você não gosta dela? - perguntei surpresa.

Gui: Lari, você sabe que eu não sou cara de tomar atitude! - ele disse e riu.

Lari: Não, eu não sei. Guilherme, você gosta da Karina? - parei e olhei séria pra ele.

Gui: Por que me chamou de Guilherme? Você não me chama de Guilherme. - ele disse com cara de bravo.

Lari: Desculpa! Mas responde logo.

Gui: Hunf' - bufou - gosto! - ele disse olhando pro chão.

Lari: Gui, olha pra mim. - coloquei a mão no queixo dele fazendo-o olhar pra mim - Você gosta dela?

Gui: Mais ou menos! Mas gosto. - ele sorriu e tirou minha mão de seu queixo.

Lari: Gui, se você gosta dela, por que ainda não tomou uma atitude?

Gui: Eu tenho medo de levar um fora! Ela é tão linda que eu não sei se falo o que sinto, ela pode me achar um idiota e dizer não.

Lari: Eu te entendo! Mas ela gosta de você, com certeza vai dizer sim. - disse e continuamos andando.

Gui: Tá bom, vou falar com ela. - disse e sorri.

Lari: HOJE MESMO! Se não falar, eu faço você falar. - ordenei e ele riu. Ficamos conversando o caminho todo até chegar na casa da Mari, quando chegamos, eu apertei a campainha e a mesma atendeu - oooooooooi amiga! *beijinho, beijinho*

Mari: ooooooooooooooie >< - ela disse e eu entrei - Eaê Guilherme Soares! - ela disse com voz de malandra, eu ri.

Gui: Eaê. - ele disse com uma cara estranha e os dois fizeram um toque sinistro, depois ele entrou - O quê? - ele olhou pra Mari com a mesma cara.

Mari: ÃHN? O que foi? Eu fiz algo de errado?

Gui: O jeito que você agiu já é errado!

Lari: Mari maloqueira. - disse rindo e me sentei no sofá.

Mari: Eu tava zoando gente. - ela se sentou do meu lado.

Gui: Mas não pareceu... - ele se sentou do meu outro lado, fiquei no meio dos dois, então ouvimos alguns passos altos e logo o Sr., a Sra. Rodrigues e a Karina apareceram.

Mari: Hi family! - ela disse sorridente.

Sr. Rodrigues: Oi filha! - deu um beijo em sua testa.

Sra. Rodrigues: Oi meu amor! - deu um beijo em sua bochecha e os dois se sentaram no outro sofá.

Lari: Ai que inveja.. - disse olhando pra Mari.

Karina: Inveja? De quê? oooooi gente!

Gui&Mari: oooi! *acena*

Lari: Porque a Mari tem uma família que á ama e eu não. - disse com uma cara triste.

Mari: Awwwn' Láah, não fica assim! Nós somos a sua família e nós amamos você. - ela disse me abraçando de lado.

Lari: Sério? - disse olhando pros pais dela.

Sra. Rodrigues: Claro! Você é como uma filha pra mim.

Sr. Rodrigues: E pra mim também...

Karina: Awn' que meigo. - disse baixo.

Lari: aaaaah' valeu gente! Eu não sei o que seria de mim sem vocês.

Gui: Eu sei.

Mari: Cala boca!

Karina: Então, o papo está bom, está tudo bom, mas nós temos que assistir o jogo.

Sr. Rodrigues: O JOGO! - disse alto e ligou a TV.

Mari: Tá sentindo esse cheiro?

Lari: Cheiro? - estranhei.

Gui: Que cheiro?

Sra. Rodrigues: Cheiro de quê?

Sr. Rodrigues: Eu não to sentindo nada!

Mari: É cheiro de ciúmes.

Karina: Ciúmes? Quem aqui está com ciúmes?

Mari: Você! Com ciúmes dos seus tios que tanto ama.

Lari: Fala sério? - disse meio que rindo.

Karina: Olha, o jogo começou. - ela disse apontando pra TV.

Continua! com comentários...

  Como Pick Me está acabando, eu resolvi demorar um pouquinho pra postar o último capítulo, então eu queria pedir pra vocês lerem a ib que eu estou postando no blog de uma pessoinha ai, u-u aqui está a Sinopse, o primeiro capitulo que postei e o último, eu parei de postar por falta de comentários e queria pedir á vocês que lessem e comentassem, já que é sobre Justmine, eu sei que muitas de você gostam de Pick Me, mas como está acabando, tem uma ib substituindo :) por favor, ajudem-me. É isso! E esperando que tenham gostado desse capítulo, de verdade. Não me matem, please ;c Continuo com comentários. XX Marih ;*

2 comentários:

  1. EU ODIEI ESSE CAPITULO SENHORITA MARINA U.U
    COMO ASSIM? O JUS NÃO DEVIA TER FEITO ISSO, CACHORRO, FDP U.U
    TADINHA DA LARI :/
    TO REVOLTADA AQUI U.U
    LARI TEM QUE BATER NESSA FDP DA MAÝRA E COM O JUS NÃO SEI O QUE ELA DEVE FAZER!
    É UM INÚTIL MESMO, NÃO TEM ESSA DESCULPA DE SER HOMEM OU NÃO U.U ISSO SE CHAMA SAFADEZA!
    E A CULPA NÃO É SÓ DA VADIA NÃO, ELA NÃO OBRIGOU ELE A NADA, ESSE CACHORRO!
    TO MUITO REVOLTADA MESMO U.U
    CONTINUAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA!
    QUERO SABER O QUE ELE VAI DIZER PRA LARI E O QUE ELA VAI FAZER...!
    BEIJOS :*
    #REVOLTADA #BOLADA

    PS: QUERO PICK ME LOGO U.U

    ResponderExcluir
  2. OOOH GOOOSH QUEROO VEER REAÇÕES AUSAUH'
    Continuaaa

    ResponderExcluir

O que achou? Comente! Faz bem pro coração da escritora, e também não vai quebrar seu lindo dedo, né?